Rio Cururu - AM

Ola Pessoal,

Este é um relato de uma aventura precedida por uma longa viagem.
Parte do nosso grupo no qual me encontrava se encontrou em Belo Horizonte, de onde partimos
num vôo da TRIP com destino à Cuiabá, com escala em Goiania.
Em Cuiaba nos juntamos ao restante do grupo proveniente de São Paulo e partimos para Alta Floresta
também num vôo da TRIP.
Em Alta Floresta mudamos de aeroporto e voamos em dois monomotores até a pista de pouso da
Pousada Rio Cururu.
De lá seguimos de pickup por uma trilha aberta na floresta até as margens do Rio Cururu, onde quatro barcos
pilotados por guias caiabis nos aguardavam para nos conduzir até nosso destino final, a Pousada Mantega Cururu.
Fizemos uma viagem com duração de 1:40 Hs. rio Cururu abaixo até aportarmos em nosso destino.
Durante todo o percurso ficamos fascinados pela natureza pujante e ao mesmo tempo serena e intocada,
de extraordinária beleza !
Não vimos qualquer sinal que denotasse a presença humana, e muito menos marcas do machado e da motosserra.
Cada folha e cada grão de areia estavam no seu lugar e tão absortos ficamos que nos esquecemos de fotografar...
A cada curva uma surpresa e nos longos estirões, praias lindíssimas submersas nas águas cor de chá, mas transparentes,
deixavam ver enormes cardumes nestes berçários naturais.
A potência dos motores de popa estão limitadas à 15 HP, para minimizarem os impactos provocados por ondas e marolas,
nos baixios e espraiados.
A Pousada Mantega Cururu está situada em uma clareira aberta na mata e sua estrutura e instalações são relativamente
simples, dimensionadas para atender grupo de no máximo oito pescadores por vez.
Como benefício adicional, está localizada dentro de área de reserva indigena dos indios caiabis, e o acesso e pesca só
é permitido aos hóspedes da Pousada Mantega.
À exceção do administrador e das cozinheiras, os serviço de apoio e guias é prestado por indios caiabis, aos quais aproveito
para parabenizar pela excelência do serviços que nos foram prestados.
Quatro alojamentos em um dos galpões, provistos de ar condicionado, banheiro privativo, camas confortáveis, armários,
e uma ducha maravilhosa com água quente obtida por energia solar, oferecem todo o conforto necessário para se praticar
uma pescaria de primeirissima qualidade !

cururuOdimirJF 01

Anexo se encontra uma cozinha refeitório, onde são servidas refeições de cardápio variado e de excelente qualidade !

cururuOdimirJF 02

O acesso da pousada até o rio é feito por uma longa plataforma ou tablado, que na minha visão corresponde ao portal
de entrada para o paraiso da pesca !
Diversas são as espécies que podem ser capturadas no Rio Cururu e lagos adjacentes, mas óbviamente existem épocas
mais apropriadas para cada qual.
Estavamos focados principalmente na pesca dos tucunarés fogo e trairões, o que não impediu que cachorras, bicudas,
piranhas, jacundás e mesmo o pacu borracha se vissem seduzidos por nossos streamers e poppers.
Embora não fosse o periodo mais produtivo para a pesca dos peixes alvos de nossa pescaria, concretizamos
cerca de 800 capturas contabilizadas pelos guias.
Todos os peixes foram prontamente devolvidos ao seu ambiente.

cururuOdimirJF 03

Bem cedo pela manhã, por entre brumas, nos lançavamos ao rio antes mesmo dos primeiros albores da auróra .
"Não tarda que a alvorada em fogo resplandeça"... (Olavo Bilac - Poesias)

cururuOdimirJF 04

cururuOdimirJF 05

cururuOdimirJF 06

cururuOdimirJF 07

cururuOdimirJF 08

cururuOdimirJF 10

cururuOdimirJF 11

cururuOdimirJF 12

Por vezes retornavamos ao anoitecer com a lua já posta, sinalizando nosso percurso.

cururuOdimirJF 13

Quando adentravamos aos lagos olhos desconfiados e interrogativos nos espreitavam.

cururuOdimirJF 14

cururuOdimirJF 15

cururuOdimirJF 16

cururuOdimirJF 17

cururuOdimirJF 18

cururuOdimirJF 19

cururuOdimirJF 20

cururuOdimirJF 21

cururuOdimirJF 22

Mestres Jotaéfe e Alexandre se desemcumbiram de sua missão com galhardia e garbo !

cururuOdimirJF 23

cururuOdimirJF 24

cururuOdimirJF 25

cururuOdimirJF 26

cururuOdimirJF 27

cururuOdimirJF 28

cururuOdimirJF 29

 

Pescar é para os fracos.....com o Mestre Jotaéfe é assim...
Tucuna é na unha....

cururuOdimirJF 36

E cachorra é no dente.....

cururuOdimirJF 37

cururuOdimirJF 38

No retorno à Pousada Rio Cururu, um inesperado encontro com o amigo Braghini, de Pato Branco-PR, que desembarcava
para sua aventura, proporcionando um final feliz à nossa partida !

cururuOdimirJF 45

Os grandes açus continuarão sendo os guardiões dos lagos do Cururu !

cururuOdimirJF 46

Para visualizar o relato completo: Clique na imagem abaixo.
avatarcururuOdimirJF 20