Corrientes - Argentina

Texto e Fotos: Eduardo Ribas

Bom dia amigos,

Eu e o Samuel, juntamente com o Klaus e mais alguns amigos fizemos uma pescaria em Paso de la Patria, um distrito de Corrientes, na Argentina, atrás dos dourados do Rio Paraná.

Ficamos na pousada Golden Fly Fishing, que é especializada e tem guias e barcos próprios para prática da nossa modalidade. As embarcações são lanchas com motores de 70 a 90hp e motores elétricos minn kota com controle remoto, que facilitavam a vida do guia e auxiliavam no controle do barco, tarefa dificil nas águas rápidas do paranazão.

Uma parte do pessoal optou por ir diretamente de carro de Curitiba até lá, indo até a cidade de Barracão e cruzando para a Argentina.

Eu e Samuca preferimos ir de avião até a cidade de Foz do Iguaçu-PR, alugar um carro e de lá seguir para Paso de la Patria. Com isso diminuimos o tempo até lá e achamos que a nossa viagem ficou mais tranquila e menos cansativa, pessoalmente recomendamos esta opção.
Para quem quiser fazer o mesmo, a única locadora que permite a ida para a Argentina é a AVIS. Ligue para eles (por telefone consegui preço melhor que por internet!) e avise que deseja ir para Argentina com o carro, assim eles emitem uma autorização de circulação dentro do território argentino. O aluguel de um Cobalt 1.4 com ar e direção nos custou R$775 para 5 dias.

Além disso, locado ou não, para ir de carro para a Argentina precisamos da Carta Verde. Fizemos ela logo antes da aduana, fica pronta em 5 minutos e custou R$55 para os 5 dias.

Dica: deixe para comprar os pesos argentinos onde for fazer a Carta Verde, a cotação deles é muito boa! (aqui em Curitiba estava R$0,37, lá pagamos R$0,20!)
Entre combustivel, pedagio e almoço na ida e na volta, gastamos um total de 2200 pesos. Recomendo combinar já com a pessoa que te vender os pesos pois caso sobre eles compram de novo por uma cotação quase igual. Ou deixe para gastar eles comprando carnes, frutos do mar, vinhos e alfajores em Puerto Iguazu na volta.

Dica 2: não deixe para comprar estas coisas no Duty Free de Puerto Iguazu, eles não possuem produtos argentinos e os preços são altos! Só vale a pena para compra de destilados e produtos de beleza para as mulheres. E de qualquer forma, sempre troque seus dólares e reais antes e pague em pesos, você economizará muito assim.

Passamos para Puerto Iguazu e logo paramos no restaurante El Quincho del Tio Querido para apreciar um bife de chorizo e uma quilmes! (apenas para o Samuca, pois eu era o piloto da vez hehehe)

eduardoesamuca 01

Seguimos viagem. Até corrientes a estrada é muito tranquila, são 600km e devemos pegar a Rota 12 e seguir sempre por ela. A estrada é boa, muitas retas e pouco trânsito. No caminho há 3 pedágios (custo médio de R$1,60 cada). Em mais ou menos 6h de viagem estávamos chegando em Paso de La Patria. Muitos bugios nos esperavam na pousada:

eduardoesamuca 02

Em alguns minutos já estávamos desfrutando de uma tabua de frios e é claro, Quilmes!
eduardoesamuca 03

Escolhemos pescar na última semana antes do defeso começar, pois teoricamente é a melhor semana do ano para a pescar dos Dourados. Porém como em toda pescaria, o tempo influi diretamente e não demos sorte. Junto conosco chegou uma frente fria, pegamos muito vento e oscilação do nivel do rio, o que resultou em uma pescaria muito dificil.

Em 3 dias, no nosso barco tivemos 3 peixes grandes na linha, porém não conseguimos embarcá-los. O dourado não é um peixe fácil de ser pego, possui boca dura e logo que se vê com um anzol na boca sai em disparada, tanto para os lados quanto saltando, o que dificulta muito ferrar o anzol em sua boca, a principal dica do guia (que quase chorava a cada peixe que eu perdia heheh) era de manter a vara para baixo, e tentar ferrar o maximo possivel com a linha, para depois começar a batalha.

A dupla do Klaus e do Zé investiu mais na procura dos grandes e apesar de ter pego menos quantidade, conseguiu embarcar 2 monstros de 10kg e 8kg aproximadamente.

Iniciando os trabalhos:
eduardoesamuca 04

eduardoesamuca 05

O temporal deixou o paranazão muito agitado, e o jeito foi encontrar um abrigo e esperar:
Imagem

Voltamos para a pousada para o almoço e nesta tarde tivemos mais 2 dourados na linha. Foto juntamente com nosso guia Pablo, apelidado por nós de Rasta-guia ou Jack Sparrow :lol:

eduardoesamuca 06

eduardoesamuca 07

Tive também a ação do meu troféu, que não brigou mais do que alguns segundos e se foi, infelizmente! :( :( :( :cry: :cry: :cry:

Já o Klaus, com mais experiência com os gigantes, tirou o dele no fim do dia:

eduardoesamuca 09

Os argentinos são famosos pela "siesta" pós almoço, e lá não era diferente. Os horários de pesca eram das 7h30 às 12h e depois das 15h30 até o "apagar da vela"

A noite, uma boa "Parrilla" Argentina (detalhe para a churrasqueira deles, onde o carvão não fica em um buraco, e sim a carne que fica suspensa):

eduardoesamuca 10

No segundo dia mais alguns filhotes:

eduardoesamuca 11

E um lindo dourado (a foto não retrata o tamanho do bicho) que o Samuca fisgou mas depois deste salto se foi...

eduardoesamuca 12

Tive ação de outro grande que pegou minha mosca quando eu estava tirando a linha da agua para o arremesso já, quase tirou a vara da minha mão e levou tudo que tinha direito, arrebentando o leader... Depois tentei por 2h pescar os pacus ou piraputangas "na batida" com imitações de frutas, porém sem sucesso. A época deles segundo o guia é melhor no verão.

O jeito foi apreciar o lindo pôr-do-sol e voltar para a pousada:

eduardoesamuca 13

No terceiro dia demos sorte de encontrar alguns cardumes, que nos renderam 10 peixes e também vários outros perdidos.

Iniciando com um dublê!

eduardoesamuca 14

E mais algumas capturas

eduardoesamuca 15

eduardoesamuca 16

eduardoesamuca 17

eduardoesamuca 18

De volta a vida:
eduardoesamuca 19

eduardoesamuca 20

Enquanto isso, a dupla do Zé e do Klaus focou em buscar algum troféu, e no fim da tarde o Zé acertou o dele:

eduardoesamuca 21

Fechando o dia com mais um dublezinho:

eduardoesamuca 22


Equipamentos: usamos varas #8 de ação rápida, e linhas sinking 300gr ou 350gr, sinking tips com running intermediate e também com running floating pois há lugares com muito enrosco, em que o guia chegou a aconselhar que usássemos linhas floating, mas achamos que a efetividade das sinking tips era melhor.

Moscas: Se mostraram mais efetivos os famosos Andinos, grandes e volumosos, nas cores Preta, Preta com verde/vermelho, Preto com oliva e oliva. Todos com muito brilho!

É isso ai amigos. Pescaria dificil mas valeu a pena, conseguimos nos divertir, comemos e bebemos muito bem e fizemos novos amigos! Voltarei assim que possível para duelar com os Reis do Rio!

Abraço a todos